A tradição da analogia na poesia de Murilo Mendes e Jorge de Lima

SERGIO ASSUNÇÃO

Resumo


Este artigo discute a relevância da poesia de Murilo Mendes e Jorge de Lima sob a perspectiva da tradição da analogia, além da intervenção surrealista na construção de suas poéticas, dentro do contexto da moderna poesia brasileira do século XX.

Palavras-chave


Poesia; Tradição da analogia; Surrealismo; Jorge de Lima; Murilo

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Caletroscópio - Revista do Programa de Pós-graduação em Letras: Estudos da Linguagem da Universidade Federal de Ouro Preto

ISSN (on-line): 2318-4574  - Qualis CAPES: B2


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional