Oswald Ducrot e a argumentação na língua: a virada estruturalista na concepção dos sentidos

Sheilla Maria Resende

Resumo


Herdeiro do estruturalismo saussuriano, Oswald Ducrot, ao propor a Teoria da Argumentação na Língua e a Polifonia para descrever a concepção do sentido nas línguas naturais, se afasta, a uma só vez, da concepção benvenistiana de subjetividade na língua e da Teoria dos Atos de Fala de John L. Austin. A partir da mobilização de categorias ducrotianas para a análise de enunciados diversos, busquei corroborar a tese do autor de que o efeito argumentativo de um dizer resulta das relações entre pontos de vista colocados em cena por um locutor, ser do discurso. Usamos a língua, portanto,  não para ter acesso às verdades do mundo, tal qual preconiza a Semântica Formal, mas para constituí-lo e tentar fazer o outro compartilhar da nossa verdade.


Palavras-chave


Enunciado; Teoria da Argumentação na Língua; Polifonia.

Texto completo:

PDF

Referências


AMADO, J. Capitães da areia, São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

BAKHTIN, M. Problemas da poética de Dostoiévski, Rio de Janeiro, Forense-Universitária, 1981.

BARBISAN, L. B.; TEIXEIRA, M. Polifonia: origem e evolução do conceito em Oswald Ducrot. In: Os estudos enunciativos: a diversidade de um campo, Porto Alegre, v. 16, p. 161-180, 2002.

BENVENISTE, E. Problemas de linguística geral I, Campinas, Pontes, 2005.

DUCROT, O. Princípios de semântica linguística (dizer e não dizer), São Paulo, Cultrix, 1979.

_______. Referente. Enciclopédia Einaudi: Linguagem e Enunciação, Lisboa, Imprensa Nacional - Casa da Moeda, v.2, p. 418-438, 1984.

_______. O dizer e o dito, Campinas, Pontes, 1987, p. 161-218.

_______. Polifonia y argumentación: conferencias del seminário “Teoria de la Argumentación y Análisis del Discurso”, Cali, Universidad del Valle, 1989.

FREGE, G. Lógica e filosofia da linguagem, São Paulo, Cultrix, 1978.

PINTO, J. P. Pragmática. In: MUSSALIN, F.; BENTES, A. C. (Org). Introdução à linguística: domínios e fronteiras 2, São Paulo, Cortez, 2012. p. 23-54.

PIRES, R. Semântica. In: MUSSALIN, F.; BENTES, A. C. (Org). Introdução à linguística: domínios e fronteiras 2, São Paulo, Cortez, 2012. p. 55-79.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Caletroscópio - Revista do Programa de Pós-graduação em Letras: Estudos da Linguagem da Universidade Federal de Ouro Preto

ISSN (on-line): 2318-4574  - Qualis CAPES: B2


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional