A Toponímia da Região Central de Minas Gerais

Patrícia de Cássia Gomes Pimentel

Resumo


Este artigo visa à descrição dos principais aspectos teórico-metodológicos da dissertação em desenvolvimento, A Toponímia da Região Central de Minas Gerais, que tem por objetivo a caracterização e a análise do léxico toponímico da região Central Mineira. Fundamentando-se em pesquisa que vem sendo realizada a partir do Banco de Dados do Projeto ATEMIG – Atlas Toponímico do Estado de Minas Gerais (FALE/UFMG), Projeto este coordenado pela Profª. Drª. Maria Cândida Trindade Costa de Seabra, o estudo dos nomes de lugares dessa região tem por finalidade demonstrar um pouco das contribuições linguístico-culturais para a formação toponímica do estado de Minas Gerais. A partir da análise dos topônimos de origem indígena e africana, investigaremos os 4069 (quatro mil e sessenta e nove) nomes de lugares que integram toda essa área territorial. Para tanto, adotamos como referencial teórico o modelo toponímico de DAUZAT (1926) e DICK (1990).

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Caletroscópio - Revista do Programa de Pós-graduação em Letras: Estudos da Linguagem da Universidade Federal de Ouro Preto

ISSN (on-line): 2318-4574  - Qualis CAPES: B2


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional