A representação do mito de Sísifo no conto, "Petúnia" de Murilo Rubião

Aguinaldo Adolfo do Carmo

Resumo


O objetivo desse artigo é mostrar como o mito de Sísifo é representado no conto “Petúnia” de Murilo Rubião. A obra de Rubião vem sendo definida como pertencente ao fantástico, ao realismo mágico, ao absurdo e ao surreal, marcada também por forte presença da mitologia. O conto escolhido para análise pertence à obra O convidado, publicada pela primeira vez em 1974. O trabalho consiste em analisar o conto tendo como base a crítica de Jorge Schwartz e Davi Arrigucci Jr., entre outros críticos da narrativa contemporânea. Ademais, utilizaremos, também como base, os estudos que envolvem a figura do mito, bem como sua relação no campo literário. O mito é frequentemente usado na literatura e em outras manifestações artísticas em consequência de seu valor simbólico. Dessa forma, tentaremos mostrar os possíveis aspectos do mito que incidem na literatura rubiana.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Caletroscópio - Revista do Programa de Pós-graduação em Letras: Estudos da Linguagem da Universidade Federal de Ouro Preto

ISSN (on-line): 2318-4574  - Qualis CAPES: B2


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional