Os sindicatos corporativistas no Brasil entre os anos de 1934 a 1939

Pedro Paulo Lima Barbosa

Resumo


No presente texto, temos como propósito discutir a efetivação de um tipo de sindicato corporativo criado pelo Estado varguista entre os anos de 1934 e 1939. Para tanto, utilizamo-nos como fontes primárias artigos da seção Trabalho do Boletim do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio. Enquanto fontes privilegiadas, encontramos nesta seção a formulação de um discurso trabalhista o qual fora implementado no país via a doutrina corporativista. Destarte, os sindicatos dos empregados teriam um papel essencial na consolidação do trabalhismo varguista: ao mesmo tempo em que dinamizava a economia nacional, o corporativismo teria o papel de afastar os trabalhadores brasileiros das alas mais radicais dos movimentos esquerdizantes no país.


Texto completo: 202-220

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Revista Eletrônica Cadernos de História oferece acesso gratuito e integral a todo conteúdo deste site. Esta revista possui Qualis B4.
Realização: indexação: Redes Sociais:

 

Sumários.org

 

Latindex


SEER

 

e-revist@s